Projeto Verão: urgência em emagrecer para as férias faz pessoas descobrirem o CrossFit

Profissionais afirmam que ainda é possível moldar o corpo para o verão, mas dietas radicais estão fora

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Quem é frequentador assíduo de academias percebe. Conforme o fim do ano e período de férias vai se aproximando, a quantidade de novos clientes vai crescendo. São dezenas e dezenas de pessoas que buscam moldar o corpo – ou pelo menos dar aquela melhorada – para curtir o período de folga. É o começo do “Projeto Verão”.

E a busca por resultados mais rápidos tem feito cada vez mais pessoas migrarem das academias de musculação para os boxes de CrossFit. É o que afirma Bruna Maíra Pinho, educadora física há 14 anos, e sócia da CrossFit One Man Army – O.M.A – há aproximadamente três.

Uma urgência que, por vezes, precisa ser confrontada com um choque de realidade. Aliambra Pomponi, educadora física da Madwolf Cross, conta que já recebeu alunos querendo perder até 50 quilos nesse período de “projeto verão”.

“É o gatilho final. Geralmente, as pessoas pegam o estereótipo de um homem ou uma mulher com corpo bem malhado, definido, e chegam aqui dizendo que querem ficar iguais”, revela.

Aliambra pondera que o CrossFit até é um esporte que possibilita resultados desde o primeiro mês, mas destaca que é preciso ser sincero com os alunos e seus objetivos.

“A pessoa vai ter resultado? Vai. Vai conseguir moldar o corpo? Vai. Mas a gente tem que falar: ‘olha, não dá para perder 50 quilos nesse tempo’”.

No CrossFit, os exercícios usam barras e outros poucos equipamentos. Quase sempre, o aluno tem que trabalhar com o próprio corpo (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Quem começa, fica!

Na O.M.A, segundo Bruna, o movimento começa a aumentar já em setembro. Em seus três anos dedicados à modalidade, a profissional viu o “Projeto Verão” ditar o fluxo de novos clientes.

E ela é enfática ao afirmar que, boa parte de quem escolhe o CrossFit pensando no resultado momentâneo para as férias, acaba gostando e adotando o esporte para o resto da vida.

“Em dezembro, o número de alunos baixa, por causa das festas e confraternizações. Mas passou o final do ano, dá o primeiro dia útil, o box está lotado”, ela diz.

Segundo a profissional, o fato de a modalidade não ter uma rotina fixa de exercícios é o que mais atrai os alunos. Além do sentimento de comunidade.

É que, no CrossFit, os exercícios são feitos em grupo. “Uma motivação extra, porque ninguém deixa ninguém desistir”, revela Aliambra.

Na CrossFit O.M.A, educadores físicos investem nos exercícios em equipe e sincronizados. Todo mundo precisa se esforçar junto até o fim (Foto: JY Fotografias)

Dietas urgente e soluções “milagrosas”

De acordo com o nutricionista Gustavo Soares, nessa temporada, também é bem comum as pessoas readequarem a alimentação. E sempre, com a mesma urgência.

Segundo o profissional, boa parte das pessoas que adere ao “projeto verão” acaba depositando todas as esperanças no nutricionista.

Nesses casos, ele já avisa que o curto tempo para trabalhar uma reeducação alimentar pode, sim, trazer bons resultados. Mas eles nem sempre serão exatamente o que a pessoa espera.

“Quando você tem pessoas que têm muito excesso de peso, essa radicalização não transforma seu corpo em três ou quatro meses. Você vai chegar melhor para o verão, mas o que vai deixar o corpo esculpido é o hábito dessa pessoa em fazer atividade física de maneira frequente. É o hábito dessa pessoa em fazer uma alimentação saudável, equilibrada”, ele destaca.

E não são apenas aos nutricionistas e às academias – seja de CrossFit ou as tradicionais – a quem os adeptos do “projeto verão” recorrem. Conforme a esteticista Andressa Cabral, no último mês do ano, o movimento tende a aumentar também nas clínicas de estética.

Mas ao contrário dos demais profissionais ouvidos pelo LIVRE, ela afirma que os cuidados com a beleza costumam se estender ao longo do ano. Nesse caso, os pacientes, em geral, alinham os tratamentos a atividades físicas e alimentação balanceada.

“A preocupação já foi mais para o ‘projeto verão’. Mas, de um tempo para cá, a gente acredita que os cuidados com o corpo, com a beleza, têm se mantido durante o ano todo”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS