Prefeito proíbe tereré

Consumo está proibido em cidade do interior de MT. Prefeito diz que segue recomendação do Ministério Público

Para conter eventuais aglomerações e evitar a disseminação do novo coronavírus, o prefeito de Poconé (102 km de Cuiabá), Tatá Amaral (DEM), decretou a proibição do consumo de tereré.

A bebida é tipicamente sul-americana, feita com a infusão da erva-mate (Ilex paraguariensis) em água fria e bastante consumida na região Sul do Brasil.

A proibição vale tanto para consumo individual quanto o compartilhado em locais públicos.

No decreto, assinada no dia 28 de janeiro, o prefeito ainda proíbe eventos com capacidade superior a 20 pessoas e ressalta que as medidas atendem recomendações do Ministério Público Estadual (MPE).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCalamidade pública?
Próximo artigoVÍDEO | Bolsonaro é chamado de fascista e rebate: “nos encontramos em 2022”