VÍDEO | Bolsonaro é chamado de fascista e rebate: “nos encontramos em 2022”

Presidente rebateu os ataques que sofreu de manifestantes e parlamentares de esquerda

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Na tarde desta quarta-feira (3), o presidente Jair Bolsonaro respondeu a ofensas que sofreu durante sua visita ao Senado. Na ocasião, Bolsonaro foi chamado de “fascista” por parlamentares e manifestantes de esquerda.

A visita de Bolsonaro aconteceu logo após a reunião do presidente da República com os presidentes da Câmara e do Senado. O discurso fazia parte da agenda do presidente.

Durante sua fala no Senado, Bolsonaro foi interrompido diversas vezes por manifestantes de esquerda que o chamavam de “fascista”. O presidente rebateu os ataques e pediu respeito à fala.

“Muitos debates entre nós, muitas ideias divergentes, mas sempre respeito a qualquer autoridade que, porventura, estivesse presente neste momento. Nos encontramos em 2022″, ele rebateu.

Veja o vídeo 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeito proíbe tereré
Próximo artigoBolão de Mato Grosso acerta os seis números sorteados na Mega-Sena