Possível mutação do coronavírus faz países suspenderem voos

Argentina, Colômbia, Chile e Peru decidiram fechar as fronteiras aéreas com o Reino Unido por causa da possível mutação do vírus

Imagem: Freepik

Nesta segunda-feira (21), diversos países pelo mundo restringiram os voos do Reino Unido, onde uma nova variante na cepa do coronavírus foi detectada. A possível mutação do vírus foi chamada de VUI202012/01.

De acordo com informações divulgadas pelas companhias aéreas, as medidas pretendem evitar a disseminação da nova cepa do vírus Sars-Cov-2, que pode ser até 70% mais transmissível que a covid-19 original.

O Reino Unido foi o primeiro país a identificar a variante do coronavírus, porém outros países como Austrália, Itália, Holanda, Gibraltar e Dinamarca, também já registraram pacientes infectados com a nova mutação.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, vai participar de um encontro de emergência para discutir o fechamento de fronteiras. O transporte de cargas será um dos focos de controle.

Até o momento, não há informações sobre a taxa de mortalidade da nova mutação do coronavírus encontrada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDória libera saidinha de Natal para 33 mil presidiários em SP
Próximo artigoSem ilegalidade