Plataforma on-line inglês foca em pessoas com conhecimento e que querem praticar o idioma

O BGringo disponibiliza textos e áudios em quatro níveis com opções de pacotes individuais e corporativos

A médica Ana Luisa Müller de Arruda sempre gostou de aprender novos idiomas por hobby. Suas preferências sempre foram o francês e o italiano. Para ela, a Língua Inglesa era apenas uma ferramenta para ler e falar tecnicamente em sua profissão. Agora, aos 70 anos, aposentada e em plena pandemia, decidiu que era hora de aprofundar seus conhecimentos e usar o tempo livre para definitivamente ter fluência no inglês.

Depois que descobriu a plataforma BGringo, o desafio está sendo mais fácil. “Uso no celular, em qualquer lugar. Até eu, que me acho ‘jurássica’ em tecnologia, estou achando fácil. Há alguns dias, aguardava meu marido sair de uma cirurgia e fiquei estudando na sala de espera do hospital”, conta Ana Luísa.

O BGringo é uma plataforma de estudo de inglês que pode ser utilizada no computador, tablet ou smartphone. Criação do professor britânico Terry Matfield, do analista de sistemas Fernando de Oliveira Moraes e do investidor Renato Bracarense, a ideia é que os usuários estudem em seu próprio ritmo e façam um auto nivelamento.

“Já estudo inglês há algum tempo. Sentia falta de textos em categorias específicas para cada nível, com temas interessantes e atuais, que me fizessem praticar o idioma e também aprender mais sobre assuntos relacionados ao trabalho, à cultura, ou outros temas. Compartilhei a ideia, todos gostaram e viram viabilidade, e assim nos reunimos para criar o BGringo”, comenta Fernando.

Terry explica que o objetivo do BGringo era ser diferente do que já existia no mercado. A ideia era preencher a lacuna de pessoas que já têm alguma familiaridade com o inglês e condições de ler um texto e entender o sentido geral. “Alunos nesse nível conseguem aprender de forma inicialmente passiva: lendo, ouvindo e tendo maior exposição ao idioma. É a forma de aquisição do idioma. Se o aluno lê e compreende o sentido, seu cérebro consegue aprender mais”, informa o professor.

No BGringo, há quatro níveis de textos e áudios que facilitam o progresso do aluno – que encontra também os “chunks”, frases úteis, e as “key words” (palavras chave). O serviço permite também que o estudante escolha o tema de interesse entre oito categorias (negócios, viagens, cultura, tecnologia, moda, saúde e bem-estar, gastronomia e design). Atualmente, são mais de 200 textos disponíveis na plataforma, cujo acesso é feito por assinaturas mensal, trimestral ou semestral. Há um período gratuito de uma semana para “test drive”.

“Não somos um curso de inglês. O BGringo é uma ferramenta de aprendizagem que pode ser usada diretamente pelo aluno, mas também pelo professor”, destaca Terry. Já antevendo a demanda pela contratação do serviço por empresas, os sócios colocaram o módulo para o mercado corporativo no ar. “É uma ótima opção para as empresas que precisam de profissionais bilíngues”, exemplifica.

Mais informações no www.bgringo.com.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistro do Meio Ambiente Ricardo Salles pede demissão
Próximo artigo“Trabalhei pelo respeito ao produtor rural brasileiro”, diz Ricardo Salles