Pivetta vai enfrentar pesquisa

Vice-governador tem concorrente dentro do próprio partido na disputa pela vaga no Senado

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Apesar das intenções do vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, seu partido, o PDT, ainda não está definido sobre quem será o candidato na eleição suplementar para substituir Selma Arruda (Podemos) – cassada por prática de caixa 2 – no Senado.

Secretário estadual de Cultura e presidente da legenda, Allan Kardec diz que o produtor rural Antônio Galvan, presidente da Aprosoja, também quer concorrer e não abre mão de ter o nome testado.

“Como ele é filiado do partido e qualquer filiado pode fazer essa disputa, sentamos nós – o Otaviano, o Galvan e eu – para que a gente possa ter segurança no nosso nome”, ele ponderou.

LEIA TAMBÉM

Assim, o PDT decidiu fazer uma pesquisa. A avaliação deve sair às ruas na próxima semana e, segundo Kardec, ficar pronta até o dia 15 de fevereiro.

E Allan Kardec também espera que o governador Mauro Mendes (DEM) se posicione, comunicando se vai apoiar o candidato do partido ou se permanecerá neutro.

Pelo calendário eleitoral, os candidatos devem se registrar no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no dia 17 de março.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMatrículas no dia 30
Próximo artigoMáquina Mortífera 5 é confirmado contando com retornos do elenco e direção