Pesquisa mostra aumento da satisfação com infraestrutura aeroportuária

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (7) pela Secretaria Nacional de Aviação Civil, do Ministério da Infraestrutura, mostra que aumentou a satisfação dos passageiros com a infraestrutura aeroportuária nos 20 maiores aeroportos do país. Por esses terminais passam 87% do total de passageiros transportados no Brasil.
De acordo com a pesquisa, feita entre julho e setembro, a nota média para os aeroportos foi de 4,42, contra 4,36 do levantamento anterior, realizado entre abril e maio. Pela escala, a nota 1 significa “muito ruim” e a 5, “muito bom”. 

Segundo a a secretaria, o resultado significa que os aeroportos são considerados “bons” ou “muito bons” para 91% dos 25.461 passageiros entrevistados.

Entre os terminais cuja avaliação geral melhorou em relação ao terceiro trimestre do ano passado, estão os de Florianópolis, com evolução de 9%; o de Belém, com 5,7%; e o de Fortaleza, com 4,7% de aumento da nota média dos usuários.

“Também registraram melhora os aeroportos de Goiânia (1,7%), Brasília (1,5%), Vitória (1,3%), Maceió (1%), Cuiabá (0,8%), Campinas (0,7%), Curitiba (0,7%), Manaus (0,5%), Porto Alegre (0,5%), Rio-Santos Dumont (0,4%) e São Paulo-Congonhas (0,1%)”, informou a secretaria.

A pesquisa ouviu passageiros sobre sua experiência em voos domésticos e internacionais, avaliando diversos itens de infraestrutura aeroportuária, atendimento e serviços, além de processos como check-in, inspeção de segurança e restituição de bagagem.

O levantamento serve como um referencial para a administração dos aeroportos. De acordo com a secretaria, dos 38 indicadores pesquisados, 79% (30) obtiveram média superior a 4 (bom), ficando dentro da meta estabelecida pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCase IH fornece maquinário para testes de nova cultivar da Bayer
Próximo artigoAdolescentes seriam vítimas de exploração sexual em Cuiabá; polícia apura denúncia

O LIVRE ADS