Pazuello diz ao STF que governo não tem seringas o suficiente para vacinação

Segundo o documento, a maior parte dos estados brasileiros possuiriam seringas e agulhas para começar a imunização

(Foto: Agência Brasil)

O  ministro da Saúde Eduardo Pazuello informou oficialmente ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o governo ainda não possui seringas e agulhas o suficiente para iniciar a imunização da população.

De acordo com informações, ficaria a cargo dos próprios estados arcar com os equipamentos necessários para a vacinação. E o governo federal disponibilizaria o medicamento para a imunização dos cidadãos.

Ainda segundo o documento, a maior parte dos estados brasileiros possuiria seringas e agulhas para começar a imunização. O documento afirma que apenas cinco estados da federação ainda não possuí o material necessário.

“Verifica-se apenas que os estados do Acre, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco e Santa Catarina não teriam estoque suficiente para suprir essa demanda inicial, caso houvesse a disponibilidade imediata das 30 milhões de doses”, diz o documento.

O documento enviado por Pazuello ao STF é resposta à cobrança feita pelo ministro Ricardo Lewandowski, relator de uma ação da Rede, sobre as acusações de que o governo vem se omitindo em combater a pandemia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLockdown em MT
Próximo artigoMPE-MT quer adicional de periculosidade a promotores e procuradores de Justiça