Pandemia estabilizada

Boletim do Ministério da Saúde diz que a região Sul é a única no país onde ainda cresce o número de novos casos e mortes pela covid

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O Ministério da Saúde diz que o Brasil reduziu o número de óbitos pela covid-19 e estabilizou a quantidade de contágio por semana. Os dados estão no boletim epidemiológico especial nº 25, divulgado na quarta-feira (5). 

O documento aponta redução de 7% em relação aos óbitos e estabilização no número de novo casos da covid-19.

Comparando a semana epidemiológica 31 (até 1º de agosto) com a 30 (até 25 de julho), foi registrada uma estabilidade representada pela redução de 6.289 novos casos.  

A média diária de casos novos registrados na última semana (a 31) foi de 44.766, abaixo da média apresentada na semana anterior: 45.665.  

Em relação aos novos registros de óbitos, essa redução correspondeu a 563 a menos, quando comparado com a semana anterior. 

Regiões 

O Sudeste mostrou estabilidade no número de novos casos neste último levantamento (110.865) em relação ao anterior (114.202), com uma média diária de 15.838 pessoas infectadas, frente a 16.315 na semana 30. 

A região Norte teve uma redução de 16%. Foram 28.205 novos doentes, sendo que no último levantamento haviam sido 33.756. 

Já a região Nordeste apresentou estabilidade. Teve 88.030 novos casos da covid-19, quando na semana anterior haviam sido 90.315, ou seja, a média se manteve na casa dos 12 mil por semana. 

O Centro-Oeste, região que foi epicentro da pandemia nas últimas semana, também apresentou estabilidade, mas com alta ao invés de baixa, como ocorreu no Nordeste. 

Na última semana foram 43 mil novos casos. Na anterior haviam sido 42.267. Mesmo assim, a média diária se manteve na faixa dos 6 mil registros.

Houve aumento apenas na região Sul. Esses Estados apresentaram um crescimento de 11% no número de casos novos, passando de 39.113 na semana passada para 43.264 agora. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCriança de nove anos conta a prima que foi abusada pelo ex-padrasto
Próximo artigoHoje é o dia da cerveja e listamos 4 fatos que vão mudar a forma como você bebe