Criança de nove anos conta a prima que foi abusada pelo ex-padrasto

A prima, cinco anos mais velha, contou ao pai da criança, que procurou a polícia

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

O pai de uma menina de apenas nove anos procurou a polícia, em Cuiabá, nessa quinta-feira (6) afirmando que sua filha foi abusada sexualmente pelo ex-padrasto, ex-marido da mãe dela.

Segundo relato do pai, a mãe da vítima já se separou há mais de dois anos do suspeito, mas somente agora a filha contou à prima, de 14 anos, o que o ex-padrasto fazia com ela quando era casado com a mãe.

Em conversa pelo aplicativo WhatsApp, a menina mandou áudios dizendo que o padrasto mostrava as partes íntimas dele para ela e pedia para ela mostrar também. Em troca, ele dava alguma coisa que ela quisesse.

A adolescente ouviu a criança e, depois, contou ao tio o relato. Este, por sua vez, procurou o Conselho Tutelar, que o orientou a procurar a polícia.

O caso deverá ser investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCliente é preso ao tentar pagar lanche com nota de R$ 50 pela metade
Próximo artigoPandemia estabilizada