Operação Pantanal II preserva casa do morador mais antigo da Reserva Sesc Porto Cercado

Pescador, sr. Dito Verde nasceu e criou seus três filhos no Pantanal

De acordo com informações da equipe, a água utilizada para conter o fogo foi retirada do rio Cuiabá - Foto por: CBMMT

Duas aeronaves do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) utilizaram cerca de 45 mil litros de água para impedir que o fogo atingisse a casa de Benedito Alves da Silva, popularmente conhecido como Dito Verde, morador mais antigo da Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Porto Cercado.

Além das aeronaves, combatentes e dois barcos, um helicóptero da Marinha também foi utilizado para impedir que a casa de pau a pique fosse destruída pelas chamas. O incidente aconteceu na quarta-feira (12).

De acordo com informações da equipe, a água utilizada para conter o fogo foi retirada do rio Cuiabá. O idoso, de 79 anos, reside no local com a família, lugar considerado patrimônio cultural de Mato Grosso. Pescador, sr. Dito Verde nasceu e criou seus três filhos no Pantanal. É conhecido por ser um grande contador de histórias da região.

Operação Pantanal II resulta do trabalho conjunto entre Governo de Mato Grosso, Forças Armadas, IBAMA, Governo de Mato Grosso do Sul e o polo Socioambiental Sesc Pantanal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRecuperandos começam a atuar no combate às chamas na zona urbana de Poconé
Próximo artigoCâmeras registram mais de 11 mil veículos com irregularidades em Mato Grosso