Mulher é presa em flagrante após abrir contas em nome de vítima autista para aplicar golpes

Ela abriu três contas bancárias em nome do rapaz

(Imagem ilustrativa)

Policiais da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes prenderam nessa quinta-feira (16), em Cuiabá, uma mulher por estelionato e abuso de incapaz.

A equipe da Delegacia de Estelionatos iniciou as diligências para apurar informações relatadas pelo pai de um rapaz de 23 anos, que tem transtorno do espectro autista, que passou à suspeita seus documentos pessoais para que fosse aberta contas bancárias virtuais. A vítima foi também ludibriada de que trabalharia para a suspeita e receberia um salário mínimo.

Foram abertas três contas bancárias no nome do rapaz e a suspeita ainda pediu a ele que não dissesse nada das contas a outras pessoas.

Como parte do golpe, a suspeita utilizou outro endereço diferente ao da vítima, para que pudesse receber os cartões vinculados às contas.

A partir das informações, a equipe da Estelionatos conseguiu localizar a suspeita, que foi presa e autuada em flagrante pelo delegado Marcelo Carvalho pelos crimes de estelionato e abuso de incapaz.

O delegado destaca que a unidade policial está apurando se as contas abertas pela suspeita seriam utilizadas para recebimento de transações bancárias oriundas de estelionato.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEconomia com BRT será de R$ 300 milhões em relação ao VLT, afirma governo
Próximo artigoMedeiros quer criar chapa completa para concorrer em 2022