Ministério da Saúde confirma compra de 54 milhões de doses da CoronaVac

Negociação foi anunciada nesta sexta-feira (29) após pressão do Instituto Butantan e do governo de São Paulo sobre intenção de compra

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (29) a compra de 54 milhões de doses da CoronaVac do Instituto Butantan após pressão do laboratório e do governo de São Paulo esta semana.  

Em vídeo divulgado pela assessoria do ministério, o secretário executivo da pasta, Élcio Franco, comunicou o posicionamento e declarou que haverá esforços para agilizar o registro definitivo do imunizante. 

“Estamos solicitando o cronograma ao Instituto Butantan para podermos celebrar o contrato já na semana que vem. E também solicitando a antecipação do registro junto à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para iniciarmos a vacinação em massa da população brasileira”, disse. 

A pasta havia adquirido um lote inicial de 46 milhões, com possibilidade de compra das mais 54 milhões de doses, totalizando 100 milhões ainda neste ano. 

O ministério teria até maio para comunicar a opção de compra, mas nos últimos dias, o Instituto Butantan oficiou o ministério solicitando que o posicionamento fosse dado logo de modo a permitir um melhor planejamento da fabricação de imunizantes pelo órgão. 

Ontem, o governador João Dória disse que se o ministério não se manifestasse sobre a aquisição até o dia 5 de fevereiro, ele autorizaria a venda dos 54 milhões de doses a Estados. Ao menos 15 já procuraram os laboratórios das vacinas para compra direta. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMortes de pessoas trans no Brasil aumentam em mais de 50%
Próximo artigoBerçário dos peixes do Pantanal, Baía de Chacororé foi reduzida em 59% em 2020