Mato Grosso encerra o ano com bons resultados no cultivo de soja

A quantidade produzida e exportada foram além do que era esperado para o período

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O plantio da soja mato-grossense durante este ano foi acima do esperado para o período. Com área de 9,46 milhões de hectares cultivados e produtividade recorde de 57,28 sacas por hectare, o Estado colheu 32,52 milhões de toneladas da oleaginosa, o maior volume já registrado.

Vale ressaltar que neste ano o crescimento da área disponível para a semeadura foi a menor dos últimos anos.

Já as exportações da soja mato-grossense foram além do esperado, com envio de 19,33 milhões de toneladas de janeiro a novembro, já superando o total esmagado em 2017 inteiro.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), avalia que esse cenário é justificado principalmente pela disputa comercial entre os Estados Unidos e a China, que por sua vez, fez com que “a demanda chinesa por soja brasileira aumentasse, valorizando significativamente o prêmio nos portos e, consequentemente, a oleaginosa brasileira”.

Contudo o Imea pontua que o setor foi impactado negativamente pela greve dos caminhoneiros e tabelamento dos fretes rodoviários, que “prejudicaram as vendas de soja e diminuíram o escoamento do grão por um determinado período”. Segundo o informativo, o setor ainda sofre consequências até hoje.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFamília pede doações de leite e fralda para idoso que perdeu movimentos e se alimenta por sonda após AVC
Próximo artigoValor da Produção Agropecuária de 2019 deve chegar a R$ 584,6 bi

O LIVRE ADS