Manifestação do MBL e “Vem pra Rua” contra Bolsonaro fracassa em São Paulo

A organização do evento colocou a culpa do fracasso na covid-19

(Foto: Divulgação/MBL)

Na manhã desse último domingo (24), o Movimento Brasil Livre (MBL) organizou uma carreata pedindo o impeachment do presidente Bolsonaro em São Paulo. A manifestação também teve o apoio do Movimento Vem Pra Rua.

Sem quase nenhuma adesão popular e sem engajamento nas redes, a manifestação conseguiu reunir menos de mil veículos para a carreata. O comboio partiu da da praça Charles Miller, onde fica o estádio Pacaembu passando até pela Avenida Paulista.

De acordo com uma nota publicada em um dos Blogs do MBL, o protesto teve que ser realizado de forma diferente para evitar o contágio do coronavírus. Foi a tentativa de explicar a falta de pessoas nas fotos divulgadas pelos movimentos.

“Os protestos tiveram que se reinventar para evitar ao máximo as aglomerações”, diz um trecho da publicação.

Entretanto, nas fotos divulgadas pelo movimento é possível ver pessoas próximas uma das outras e o ato pode ser encarado como uma forma de aglomeração que viola as políticas do isolamento social.

De maneira hostil e encarada como histriônica por parte dos seus seguidores, o MBL vem pedindo o afastamento do presidente Bolsonaro.

Entre os possíveis motivos para um impeachment listados pelo o movimento, a organização defende que Bolsonaro tentou intervir na Polícia Federal para livrar seu filho e teria incentivado o uso da hidroxicloroquina mesmo sem comprovação.

Veja o vídeo da manifestação 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.