Mãe é acusada de segurar a filha de 12 anos para que marido a estupre

Abusos teriam acontecido na casa da mãe e do padrasto da vítima, com a participação dos dois

Imagem ilustrativa

A tia paterna de uma criança de apenas 12 anos denunciou nessa segunda-feira (21) a mãe e o padrasto da sobrinha, de 31 e 30 anos respectivamente, de estuprarem, juntos, a menina.

Os abusos teriam acontecido na casa da mãe e do padrasto, em Itiquira (360 km de Cuiabá).

A menina disse à tia que a mãe não só era conivente com os abusos, como também participava, segurando a filha para que o padrasto a estuprasse.

Atualmente, a criança está sob cuidados da tia paterna em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), com a autorização do pai.

O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil como estupro de vulnerável.

LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomens apontam armas para policiais durante abordagem e acabam mortos
Próximo artigoCuiabá e VG têm risco baixo