Justiça absolve Haddad de acusação de caixa dois

A a nova decisão vai na contramão das anteriores, que afirmavam que o petista havia cometido o crime

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi absolvido da acusação de caixa dois durante as eleições municipais de 2012. A decisão foi proferida nesta terça-feira (27), pelos juízes do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

A decisão vai na contramão das decisões anteriores, que condenavam o petista pelo crime eleitoral. Na época, o juiz chegou a argumentar que o prefeito assumiu o risco ao “não se interessar” pelo gerenciamento de suas contas de campanha.

“O ex-prefeito assumiu o risco ao não se interessar pelo gerenciamento das contas de campanha, comportamento que se mostra, para um ocupante de cargo executivo, extremamente desfavorável”, argumentou o juiz na condenação.

Haddad prefeito de São Paulo

Antes de concorrer à presidência em 2018, o petista havia ocupado a prefeitura de São Paulo entre os anos 2013 a 2016.

Em 2016, Haddad tentou se reeleger, mas perdeu para o candidato do PSDB João Dória.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBob Odenkirk desmaia em set de Better Call Saul
Próximo artigoMarido é preso suspeito de agredir mulher por ela se negar a fritar torresmo para ele