Jovem baleada na cabeça pelo ex morre 17 dias após o crime

O corpo de Karina Souto, de 29 anos, vai ser levado para Nova Xavantina, onde moram os familiares dela

A jovem Karina Souto, de 29 anos, baleada na cabeça pelo ex-namorado teve morte declarada pela unidade hospitalar onde estava internada, nesta quarta-feira (18).

A vítima teve a morte cerebral constatada anteriormente, mas havia reagido e voltado a lutar pela vida.

A morte foi confirmada pela família de Karina.

“Oramos muito e fizemos o que pudemos, mas foi feita a vontade de Deus. É um momento de luto para toda a família”, lamentou o pai de Karina, José Rocha Cardoso.

LEIA TAMBÉM

O corpo da jovem já foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e, segundo a família, será velado no município de Nova Xavantina, onde os familiares moram.

O enterro deve ser realizado na quarta-feira (20).

O crime

Karina foi baleada pelo ex, Baltazar Augusto de Menezes, de 58 anos, no dia 1º de fevereiro deste ano. O caso foi registrado no Bairro Santa Mônica, em Nova Xavantina (650 km de Cuiabá).

Baltazar: o assassino e Karina viveram um relacionamento conturbado por mais de quatro anos

A vítima estava na casa de um amigo e rebeceu e o ex, que não aceitava o fim do relacionamento.

Cinco tiros foram disparados durante a confusão: três em Karina, um no chão e um de Baltazar em si mesmo.

A jovem estava sentada e até conseguiu se levantar e andar um pouco antes de cair na porta da cozinha. Ela foi socorrida com vida.

O milagre

O tiro no rosto de Karina lhe causou uma lesão muito grave e a morte cerebral foi constatada pela equipe médica do Hospital Municipal de Barra do Garças (520 km de Cuiabá).

Karina estava internada na UTI do Hospital Municipal da Barra do Garças

A família foi informada e, com tristeza, autorizou o desligamento dos equipamentos que mantinham viva a jovem, mãe de dois meninos – um de sete e outros de 10 anos.

Dois dias depois, porém, quando a ordem de desligamento seria cumprida, uma enfermeira entrou no quarto e viu Karina mexer a mão. Assustada, ela chamou a moça pelo nome e Karina balançou a cabeça.

Ela permaneceu internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até esta terça-feira (18).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNo CNJ, corregedor nega provimento em reclamação contra Selma Arruda
Próximo artigoMarvel revela sem querer quem é o novo Capitão América; Confira

O LIVRE ADS