Janaina Riva e Max Russi prometem travar reformas de Mauro Mendes; veja vídeo

Deputada diz que governador errou ao comunicar, por meio de nota, o escalonamento de salários e o parcelamento do 13º

(Foto: Divulgação)

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) prometeu segurar ao máximo todos os projetos que afetam os servidores públicos, durante reunião com o Fórum Sindical, na tarde de segunda-feira (8). Integrante da base aliada do governador Mauro Mendes (DEM), a deputada fez críticas ao governo, especialmente ao anúncio de escalonamento de salários e parcelamento do 13º, feito por meio de nota na sexta-feira (4), sem que os deputados tivessem sido informados com antecedência.

“Alguns interpretaram mal minha primeira fala porque pedi paciência. O cara tinha dois dias de governo. Mas achei que ele errou depois, quando enviou nota”, disse, acrescentando que a postura de Mendes expôs os parlamentares. “Claro que a gente quer fazer parte da base, quer ajudar, quer contribuir, mas a gente não quer ser pego de surpresa. Tinha que ter chamado o Fórum. Tem um deputado que hoje representa o Fórum”, completou, referindo-se a João Batista (PROS), do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen).

Em vídeo gravado dentro da reunião com o Fórum Sindical, Janaina aparece contando aos sindicalistas que já pediu ao colega Max Russi (PSB) que segure todos os projetos na comissão que ele presidir. “Ele é o presidente da comissão e eu já pedi ao Max que segure tudo o que estiver lá”, diz Janaina. Sentado ao lado dela, Max Russi balança a cabeça afirmativamente.

Entre as propostas de Mendes que são de interesse dos servidores estão projetos que tratam de salários e reduzem gastos públicos, como a reforma administrativa.

Na reunião com servidores, Max Russi afirma que está “no mesmo projeto que Janaina”. Os dois pleiteiam a primeira-secretaria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e Max conta com apoio de Mauro Mendes nos bastidores.

Janaina, que teve a defesa dos servidores como uma das marcas do primeiro mandato, assegurou ainda que a eleição da Mesa não interfere na atuação junto à classe.

“Claro que a eleição é muito importante, mas não vamos cair na besteira de trabalhar contra o que a gente construiu com vocês. Não tenham preocupação com a Mesa, que tem agora, tem daqui a dois anos, e contou muito pouco na eleição. O que contou foi a postura de cada um dos deputados. Se não tivesse postura, não tinham voltado. Teve gente que estava na Mesa e perdeu eleição, que participou anos e anos da Mesa”, citou a deputada.

Oito deputados participaram da reunião com o Fórum Sindical: Janaina Riva, Max Russi, João Batista (PROS), Lúdio Cabral (PT), Valdir Barranco (PT), Ulisses Moraes (DC), Elizeu Nascimento (DC) e Dr. João (MDB). Na sequência, os sindicalistas se reuniram com Mauro Mendes e secretários de Estado, quando o governador propôs parcelar os salários mais altos.

Veja o vídeo:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Como sera que um servidor publico pagara seus boletos, cheque pre e outras contas com o pagamento parcelado, e aqueles que tem emprestimos consignados com desconto em folha, como um servidor podera prestar um bom serviço sabendo que suas contas não poderão serem pagas por motivo parcelmento do salario, como um policial poderá desenvolver suas funções com afinco sabendo que seu salario ira ser parcelado tornando as contas uma bola de neve, em fim o governador tem sim que cortar gastos mas não mexendo com a vida e os salários dos servidores, pois e com o salario em dia que pode dar um minimo de condições dignas a sua familia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorParte do público da Netflix desconhecia Sandra Bullock antes de Bird Box; Veja Imagens
Próximo artigoMotorista morre preso às ferragens após colisão frontal entre caminhonete e carreta