Irmãos matam padrasto em GO por agredir a mãe deles, fogem e são presos em MT

Crime ocorreu durante comemoração de ano novo

Foto: Assessoria Polícia Civil de Mato Grosso

Dois irmãos de 18 e 20 anos foram presos pela Defron (Delegacia Especial de Fronteira) nessa segunda-feira (4) em Cáceres (220 km de Cuiabá) acusados de matar o padrasto, Márcio Henrique de Oliveira, 30 anos, na cidade de Rio Verde (GO) e fugirem para Mato Grosso.

Segundo a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, o crime ocorreu na madrugada da sexta-feira (1º), em Rio Verde (GO), durante as comemorações de ano novo.

Na ocasião ocorreu um desentendimento entre os envolvidos, motivado por ameaça e violência doméstica praticadas pela vítima contra sua companheira, mãe dos suspeitos.

Durante o desentendimento, Márcio teria pegado uma faca e ameaçado os filhos da companheira. A discussão, então, seguiu para a rua e um dos jovens, que estava armado, atirou na nuca do padrasto, que morreu no local.

Após o crime, os jovens usaram a caminhonete da mãe para fugir. Eles colocaram o corpo do padrasto na carroceria e levaram até uma estrada vicinal em direção à zona rural de Rio Verde (GO).

Após alguns quilômetros na estrada, segundo a Polícia Civil, eles jogaram o corpo em um aterro sanitário da região. A arma usada no crime, um revólver calibre 38, foi jogada no Rio Verdão.

Prisão

Desde a fuga, a Polícia Civil de Goiás vinha em busca dos suspeitos e chegou à informação de que eles teriam seguido para Mato Grosso. Assim que acionada, a Polícia Civil de MT começou diligências em busca dos irmãos.

A suspeita era de que eles haviam embarcado para Cuiabá e, posteriormente, iriam para Porto Esperidião (325 km de Cuiabá), cidade em que um familiar reside.

Com essas informações, a Defron realizou uma barreira e conseguiu prender os suspeitos no fim da tarde dessa segunda-feira (4) em um ônibus de viagem já na cidade de Cáceres.

Os dois foram interrogados e autuados em flagrante por homicídio e ocultação de cadáver. Após a confecção dos autos, os presos foram recambiados para Rio Verde, ficando à disposição da Justiça.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnem 2020: Inep divulga local de prova dos candidatos
Próximo artigoMotociclista morre atropelado por ônibus em Cuiabá