Índio não morreu por coronavírus, diz secretaria do DF

Um exame definitivo realizado pelo Laboratório Central (Lacen) testou negativo

(Foto: Divulgação)

A Secretaria de Saúde do Governo do Distrito Federal informou hoje (28)  que o caso divulgado na noite de ontem (27) como sendo a primeira vítima do novo coronavírus (covid-19) no DF testou negativo em exame definitivo realizado pelo Laboratório Central (Lacen), em segundo teste molecular para detecção de SAR-COV2 por reação de PCR em tempo real utilizando o protocolo Berlim.

A vítima, um homem de 46 anos, morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho. Ele tinha hipertensão e diabetes.

Segundo a secretaria, “o desencontro de informações ocorreu em virtude da indicação de suspeita da doença no atestado de óbito que, por si só, não confirma a causa da morte.”

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, o Distrito Federal continua sem nenhum óbito registrado até o momento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP entra com ação na Justiça para tentar suspender efeitos do novo decreto estadual
Próximo artigoRede atacadista instala painéis de acrílico para aumentar proteção de funcionários e clientes

O LIVRE ADS