Homem se recusa a pagar motel e garota de programa e acaba preso

Caso aconteceu na região do Zero KM, em Várzea Grande

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um homem de 31 anos foi preso no início da noite dessa quinta-feira (5) depois de seu cartão não passar em um motel por falta de crédito e ele se recusar a pagar a prostituta que havia contratado e o estabelecimento para onde a levou.

O caso aconteceu no Bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), em um famoso local de prostituição conhecido como Zero KM.

Conforme o boletim de ocorrência, o homem entrou no motel com uma garota de programa, consumiu bebidas no quarto e na hora de pagar a conta de R$ 150 teve seu cartão recusado por saldo insuficiente.

Segundo a testemunha, ele ficou exaltado e “começou a agir de forma arrogante”, ofendendo a representante do motel e a garota de programa contratada.

Depois de diversos xingamentos, ele afirmou que não pagaria a conta e a Polícia Militar foi acionada.

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o homem apresentava sinais de embriaguez, como “olhos vermelhos, odor de bebida alcoólica e comportamento hostil e arrogante contra os policiais”.

Ele tentou resistir à prisão, mas acabou imobilizado, algemado e encaminhado para a Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde o caso foi registrado como ocorrências atípicas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSexta é dia de bazar na Apae de Cuiabá e você está convidado
Próximo artigoCriança morre ao entrar escondida em lago e se afogar