Governo veta lei que instituía liberdade à iniciativa privada em MT

Projeto de autoria do deputado Ulysses Moraes (PSL) reduzia a capacidade de intromissão do Estado nas atividades econômicas e empresariais

(Foto: Fablício Rodrigues/ALMT)

O governador Mauro Mendes (DEM) vetou integralmente o projeto de lei complementar 61/2019, aprovado pela Assembleia Legislativa, que instituiu a Declaração Estadual de Direitos de Liberdade.

O governador seguiu parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE), de que haveria “inconstitucionalidade formal” por vício de iniciativa e ofensa ao princípio da separação e independência dos Poderes, uma vez que a lei modifica atribuições de órgãos públicos vinculados ao poder Executivo.

De autoria do deputado estadual Ulysses Moraes (PSL), a lei foi pautada por ideais do liberalismo e também pela medida provisória 881/2019 editada pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), que reduziu a burocracia e facilitou a abertura e regularização de empresas, especialmente das micro e pequenas.

A lei mato-grossense ainda estabelecia normas de proteção à livre iniciativa e ao livre exercício de atividade econômica. Também fixava regras a respeito da atuação do Estado como agente normativo e regulador.

Proibição de reserva de mercado

Um dos capítulos da lei se dedicava exclusivamente a defender a livre iniciativa ao proibir a criação de reserva de mercado para favorecimento de grupo econômico ou profissional, redigir enunciados que impeçam a entrada de novos competidores nacionais ou estrangeiros no mercado.

Também impossibilitava o Estado de criar privilégio exclusivo para determinado segmento econômico, que não seja acessível aos demais segmentos, redigir enunciados que impeçam ou retardem a inovação e a adoção de novas tecnologias, processos ou
modelos de negócios, ressalvadas as situações consideradas em regulamento como de alto risco e aumento dos custos de transação sem demonstração de benefícios.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais de 20 toneladas de drogas foram apreendidas na fronteira com a Bolívia nos últimos dois anos
Próximo artigoEsposa interfere em briga de irmãos e acaba morta com um facão pelo cunhado