Governo de MT cria programa auxílio financeiro para 100 mil famílias

Valores e quantidade de parcelas deverão ser divulgados na próxima semana, mas já se sabe que foco serão famílias de baixa renda

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Cem mil famílias de Mato Grosso vão receber auxílio financeiro do governo do Estado. O programa de assistência social, batizado como Auxílio Ser Família Emergencial, ainda não tem cronograma definido, mas deve ser lançado num formato semelhante ao auxílio do governo federal. 

O foco será as famílias de baixa com rendimento entre um e dois salários mínimos que receberão parcelas por alguns meses de uma quantia em dinheiro. No anúncio feito nessa sexta-feira (12), o governo afirmou que cronograma será anunciado na próxima semana junto com a Secretaria de Estado de Assistência Social (Setasc). 

Ele trará os valores, meses de duração e quem poderá entrar com inscrição. “Estamos maturando um programa de assistência social ampliado e trabalhando a fonte de recursos para que possamos alcançar de maneira mais efetiva muitos mato-grossenses, que estão passando por dificuldade na sua capacidade de suprir o seu lar e sua subsistência básica”, disse o governador Mauro Mendes.  

Até o início de 2020, mais de 145 mil famílias estavam cadastradas e recebiam auxílio do Bolso Família em Mato Grosso.  O valor médio pago pelo governo federal na época era de R$ 171. 

A tendência é que o Auxílio Ser Família Emergencial ocorra em paralelo com o retorno do auxílio emergencial, votado na semana passada no Congresso Nacional. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVacilou, prefeito?
Próximo artigoBolsonaro critica auxílio emergencial pagos por Estados