Globoplay produzirá documentário sobre Juliette do BBB 21

Série trará a vida inteira da famosa

Reprodução

Uma nova série documental logo chegará ao Globoplay trazendo mais da história da vida da vencedora do Big Brother 21: Juliette Freire.

Anunciado durante o programa Mais Você, o documentário terá seis episódios lançados semanalmente até o fim da temporada. A série abordará desde a infância da famosa na Paraíba até assuntos delicados como a morte de sua irmã.

Em entrevista ao G1, Juliette comentou sobre a novidade em sua vida:

“Quando soube do interesse da Globoplay em fazer um documentário sobre minha trajetória, eu mal pude acreditar! Nem nos meus maiores sonhos poderia imaginar uma coisa dessas, minha gente. Na verdade, eu ainda não me acostumei totalmente com essa ideia”.

“É claro que fico muito honrada com o projeto, confesso que curiosa também. Só pelas imagens que tem sido captadas desde o momento que saí da casa, até depoimentos que sei que estão sendo colhidos, vem muita coisa por aí, heim?! Agradeço o carinho da equipe de pessoas incríveis que tem produzido esse projeto. Já vejo como meu xodó”, afirma.

Há algumas semanas, Juliette, aproveitando da fama e da alta popularidade, também aceitou ser embaixadora da Globoplay, divulgando a marca e seus produtos:

“Sempre adorei o conteúdo da plataforma e acho muito importante o fomento e apoio à cultura nacional e à uma empresa brasileira. Fazer parte disso é um presente e me conforta poder, dessa forma, usar a visibilidade que ganhei para a finalidade de divulgar filmes e séries do nosso pais e levar entretenimento e cultura para tantos brasileiros”, contou.

A estreia de sua série documental está prevista para 29 de junho exclusivamente na plataforma de streaming da Globo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFort Atacadista e Comper oferecem vagas em Cuiabá e VG
Próximo artigoVG não pediu vacina por Copa América