Geração de empregos nas pequenas empresas é quase três vezes maior que nas grandes

Em maio, o aumento na oferta de postos de trabalho foi de 115%, comparado a abril

(Foto de Fauxels no Pexels)

Micro e pequenas empresas geraram 2,5 vezes mais empregos que os médios e grandes negócios em maio. Os dados foram divulgados pelo Sebrae, com base em informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged.

Segundo o levantamento, foram criados 182,2 mil novos postos de trabalho em pequenas e micro empresas ao longo de maio. As médias e grande atigiram a marca de 70,9 mil no memo mês.

E os números das pequenas e micro empresas são supreendentes comparados aos dados delas próprias. Em comparação com abril, o aumento no número de vagas foi de 115%.

Ainda de acordo com o levantamento – cujos dados foram divulgados pelo portal G1, nesta segunda-feira (5) -, maio foi o 11º mês consecutivo de resultados positivos para os micro e pequenos negócios.

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, para cada posto de trabalho criado por uma média ou grande empresa, as micro e pequenas criaram três.

Todos os setores tiveram resultados positivos, mas o de serviços foi o que mais cresceu na geração de empregos, foram 78,6 mil vagas. Este setor também foi o mais afetado no período de isolamento social por conta da pandemia.

Em seguida aparecem o comércio, com 51,4 mil vagas; construção civil, com 25 mil; e indústria da transformação, com 21 mil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEconomia de R$ 233 milhões
Próximo artigoPT e PSDB adiam projeto que autoriza público nos estádios de MT