Foragido há 40 dias, suposto líder de quadrilha que sonegou R$ 4 milhões é preso

Operação policial foi deflagrada em agosto para combater sonegação no comércio de pinga

Marcelo Bacat é alvo da Operação Liber Pater e estava considerado foragido (Foto: Divulgação/PJC)

Depois de passar 40 dias foragido, Marcelo Ledra Garcia se entregou à Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (4), em Cuiabá. Marcelo Bacat, como é conhecido, foi alvo da Operação Liber Pater, deflagrada no dia 23 de agosto pela Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz).

Segundo a polícia, Marcelo é acusado de chefiar uma quadrilha que sonegou R$ 4 milhões em impostos. O valor seria referente a comercialização de bebidas quentes – as chamadas “pingas”.

Ao comparecer à Defaz, Marcelo teve o mandado de prisão cumprido. Ele também prestou depoimento para o delegado Sylvio do Vale Ferreira Júnior, adjunto da Defaz. Contudo, segundo informou a assessoria da PJC, ele permaneceu em silêncio.

Marcelo vai passar por audiência de custódia na tarde desta sexta-feira (4).

Operação Liber Pater

Na operação, 11 mandados de prisão e 37 ordens de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça.

Conforme a Polícia Civil, a operação apurou o comércio de bebidas importadas de outros estados e sem notas fiscais ou registro de passagem nos postos fiscais. Também foi identificada simulação de trânsito para outros estados, mas com o descarregamento do produto em Mato Grosso.

Todos os envolvidos vão responder por integrar organização criminosa e crimes contra a ordem tributária, entre outros a serem delimitados até o final do inquérito policial.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJames Franco é processado por abuso sexual por grupo de alunas de sua escola de atuação
Próximo artigoPolícia prende homem que fingiu acidente e arremessou a ex em lago

O LIVRE ADS