Empregada vai morar na casa de patrão de 82 anos, fica presa e sofre assédio sexual

Ela precisou pular a janela para fugir da casa e pedir ajuda

Imagem ilustrativa (Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um empregada doméstica de 37 anos procurou a polícia nessa segunda-feira (11) para denunciar o patrão, de 82 anos, por assediá-la e impedi-la de sair da casa dele, em Sorriso (400 km de Cuiabá).

Segundo relato da vítima, ela trabalhava como doméstica na casa do idoso há cerca de 15 dias e, há alguns dias, foi morar na residência, visto que havia um quarto para funcionária.

A partir do momento em que ela foi morar na casa, porém, o idoso passou a assediá-la, dizendo que queria manter relações sexuais com ela, elogiando os seios dela, dizendo que queria beijá-los e que, se não fosse para manter relações sexuais com ele, ela não teria serventia.

A mulher disse, ainda, que o idoso a trancou na casa, impedindo-a de sair, e que ela só conseguiu fugir pulando a janela da residência.

Agora, ela pediu ajuda da polícia para conseguir retirar suas coisas da casa do patrão, inclusive seus documentos, visto que ele se nega a devolvê-las.

Após sofrer o assédio, ela ficou sabendo pelos vizinhos que o suspeito alicia todas as mulheres que vão trabalhar em sua casa e houve outros casos em que a polícia precisou ser acionada.

O caso foi registrado como assédio sexual e preservação de direito.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Pior do que esse velho bode safado é o sistema judiciário corrupto que nada faz. Bem… o STF já é morada de bandidos, imagine o resto que está abaixo, ou seja, STJ, TRFs…

    Esse país tinha que ser explodido. É muita incompetência, muito burrice, muita corrupção, muita sujeira.

    Obs. Esses parasitas do sistema e todos os seus colaboradores têm muita sorte, mas muita sorte mesmo. Se essas pessoas não fossem tão “gado manso”, umas covardes inúteis, essa gente das trevas iria experimentar o suplício…

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEleitor tem até quinta-feira (14) para justificar ausência no 1º turno
Próximo artigoCuiabá está preparada para “segunda onda” e não vai mais parar economia, diz prefeito