Em Mirassol D’Oeste, PM liberta família e prende dois suspeitos

Quatro indivíduos seguiram a família até a casa. Um deles, uma mulher, dava cobertura do lado de fora em um veículo Uno

Policiais da 1ª Cia de Mirassol D’Oeste libertaram quatro pessoas que eram mantidas em cárcere privado dentro da própria casa no centro da cidade e evitaram que os suspeitos roubassem os pertences das vítimas.

O caso foi registrado na Rua Miguel Botelho de Carvalho, na noite deste domingo (20.05).Os policiais perceberam a porta aberta e a casa visivelmente revirada. O local foi cercado e os policiais observaram a movimentação. Os suspeitos carregando os objetos das vítimas para dentro de um picape. No momento em que dois suspeitos  abriram o portão para sair, foram detidos.

As vítimas estavam trancadas no banheiro e informaram que haviam mais dois homens armados. No entanto, eles fugiram pelos fundos da casa assim que notaram a presença da polícia. Foram avistados próximo a rotatória do bairro Favo de Mel, onde efetuaram disparos contra os policiais e se embrenharam em um matagal rumo a cidade de São José dos Quatro Marcos.

Nas proximidades, um veículo Uno preto, conduzido por uma mulher,  que  omitiu a participação dizendo que esperava uma amiga, dava cobertura à ação criminosa.

No Fiat Uno foram encontrados documentos pessoais em nome dos suspeitos L.M.L.C,  e W.C.O., que não tiveram a idade revelada, um documento expedido pela terceira Vara Criminal de Cáceres em nome J.M.L., 24 anos e relógio de pulseira Rocha, um par de bota feminina, um boné vermelho e  CRLV de um veículo.

D.F.O. e F.W.D. foram encaminhados para a Delegacia de Polícia. O veículo Uno teve os pneus dianteiros e trazeiros furados pelos policiais para evitar que os suspeitos o retirassem do local e fugissem. A condutora do veículo, L.M.L. também fugiu do local tomando rumo ignorado enquanto ocorria a intervenção policia.

 

Com Assessoria

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGaeco deflagra operação contra associação que produziu Vem Pra Arena
Próximo artigoSete governadores em Cuiabá