Em 2019, brasileiros foram mais ao cinema, mas não para ver filmes nacionais

Cinema brasileiro produziu 10% a menos em relação ao ano anterior, o que pode ter contribuído

(Foto: Reprodução)

Em 2019, brasileiro foi mais ao cinema. O público geral cresceu 7,6%, se comparado ao ano anterior. Mas isso não significa um momento melhor para o Cinema nacional. Os filmes produzidos aqui perderam espectadores.

Enquanto filmes estrangeiros levaram mais de 12 milhões de pessoas para frente da telona, os filmes nacionais tiveram queda de 300 mil espectadores.

Com estreia em 26 de dezembro, a comédia Minha mãe é uma peça 3 – que continua a saga da personagem Dona Hermínia, do ator Paulo Gustavo – foi a obra que conseguiu diminuiu a diferença da bilheteria nacional.

Uma semana antes de sua estreia, os filmes brasileiros lançados em 2019 tinha 1,1 milhão de espectadores a menos que os do mesmo período de 2018.

E um dos fatores para isso poder ser a redução de 10% na quantidade de filmes brasileiros em cartaz. Foram 327 em 2019 ao passo que, em 2018, estrearam 367 produções.

Público geral:

  • 160 milhões em 2018
  • 172,2 milhões em 2019 (o segundo menor dos últimos cinco anos)

Público de filmes nacionais:

  • 22,9 milhões em 2018
  • 22,6 milhões em 2019

Arrecadação (crescimento de 13%):

  • R$ 2,4 bilhões em 2018
  • R$2,7 bilhões em 2019

Em valores totais, o registrado em 2019 é o maior dos últimos 17 anos – período avaliado pela Ancine. Mas se for considerada a inflação, a bilheteria do ano passado se torna a quarta maior dos últimos anos, atrás de 2017, 2016 e 2015, nesta ordem.

Ao mesmo tempo, ir ao cinema ficou mais caro. O preço médio do ingresso foi de R$ 14,23 para R$ 15,02 em um ano.

O aumento de 5,63% ficou acima da inflação registrada no ano, que foi de 4,31%.

Campeões de público no Brasil

  1. “Vingadores: Ultimato” – 19,2 milhões
  2. “O Rei Leão” – 15,9 milhões
  3. “Coringa” – 9,4 milhões
  4. “Capitã Marvel” – 8,8 milhões
  5. “Toy Story 4” – 7,8 milhões
  6. “Homem-Aranha longe de casa” – 6,4 milhões
  7. “Malévola: Dona do mal” – 5,6 milhões

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTerceira temporada de Westworld ganha data de lançamento
Próximo artigoGoverno na contramão

O LIVRE ADS