“Ele não vai ganhar na canetada”, diz Bolsonaro sobre Barroso

O ministro vem se posicionando contra as mudanças legislativas que permitiriam o voto auditável

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a postura do ministro Luís Roberto Barroso a respeito da adoção do voto impresso e auditável. Em entrevista nesta quarta-feira (04), Bolsonaro afirmou que Barroso “não irá ganhar nada na canetada”.

De acordo com Bolsonaro, o ministro Luís Roberto Barroso teria problemas pessoais com ele, mas não passaria por cima do Congresso para impor a votação pela urna eletrônica convencional.

“O senhor Barroso, obviamente… É pessoal a questão dele comigo. E ele não vai ganhar na canetada”, afirmou Bolsonaro em entrevista à Rádio 96 FM, de Natal (RN).

Ter certeza do voto

Ainda segundo Bolsonaro, a adoção da urna auditável vai permitir que seja comprovado o resultado das eleições.

“Não estamos aqui brigando para dizer quem é mais homem, quem não é mais homem. É para termos a certeza de em quem o povo votou, e o voto vai exatamente para aquela pessoa”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFestival de guloseimas movimenta lojas do Fort Atacadista em Cuiabá e Várzea Grande
Próximo artigoPelo Twitter, Bernardo Küster sugere prisão para ministro Luís Roberto Barroso