Donos de distribuidoras de bebidas são presos em mais uma edição da “Operação Asfixia”

    A ação foi realizada pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal

    (Foto: 4º BPM)

    Proprietários de duas distribuidoras de bebidas de Várzea Grande foram presos na madrugada deste domingo (1º) com a deflagração de mais uma edição da “Operação Asfixia” no município. A ação, que tem por objetivo reduzir os índices de criminalidade no município, é realizada pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, com apoio do Grupo de Apoio Preventivo (GAP) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

    Conforme Boletim de Ocorrência, no momento da abordagem, os agentes encontraram uma menor de idade consumindo bebida alcoólica em um dos estabelecimentos e som em altura muito acima do permitido por lei, o que pode causar danos à saúde e mortalidade de animais.

    Iniciada em 2017, a “Operação Asfixia” será realizada ao longo de todo ano. Em abril, já haviam sido fiscalizados 16 estabelecimentos comercias de Várzea Grande, entre eles, bares, lanchonetes e conveniências, resultando em 5 pessoas presas, 9 veículos removidos e 9 notificados.

    Use este espaço apenas para a comunicação de erros





    Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Artigo anteriorDo Sertão ao Nortão, escritora desbrava territórios e a imaginação
    Próximo artigoApós briga, mulher finge ter sido assaltada por marido e chama a polícia