Doação de sangue reúne forças de segurança no Hemocentro nesta segunda-feira

A campanha de doação faz parte das comemorações de 20 anos de ingresso da turma de soldados de 1998 na instituição.

A manhã desta segunda-feira (23.04) começou com ânimo no Hemocentro, em Cuiabá, com a adesão de vinte militares do Exército à campanha de doação de sangue organizada pelo Corpo de Bombeiros Militar. Além dos representantes do Exército e bombeiros, um delegado e um investigador da Polícia Judiciária Civil também participaram da campanha doando para o banco de sangue que atende os hospitais de Mato Grosso.

A campanha de doação faz parte das comemorações de 20 anos de ingresso da turma de soldados de 1998 no Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso. O Tenente BM Amir de Souza é um dos organizadores da comissão de comemoração da turma de 98. “Decidimos comemorar os 20 anos dessa turma demonstrando nossa gratidão com ações solidárias à sociedade que nos acolheu”, disse o tenente.

A assistente de Captação de Sangue do Hemocentro, Magda Matos, afirma que, apesar da contínua conscientização, a demanda por sangue é sempre maior que a oferta dos doadores. Cerca de 600 atendimentos ambulatoriais hematológicos são realizados por mês em Mato Grosso. Magda afirmou que na manhã de hoje, “se não houvesse a mobilização dos bombeiros, haveria apenas seis doadores espontâneos no Hemocentro”. Com a mobilização aconteceram mais 26 doações, só nesta manhã.

O delegado de PJC, Arnon Osny Mendes, foi um dos bombeiros que ingressou na corporação como soldado em 1998. Em 2007 ele deixou a corporação para atuar no Ministério Público Estadual, em seguida fez a seleção para delegado, função que exerce atualmente. Ele conta que ter servido no Corpo de Bombeiros Militar foi fundamental para as mudanças na carreira que alcançou. “A disciplina de estudo e de condicionamento físico foram determinantes para que eu alcançasse esses espaços”.

O Sargento do Exército, Flávio Penha, já é um doador habitual e afirma que já existe a cultura da doação de sangue na instituição. “Somos estimulados a doar pelo menos uma vez por ano”, revela. A concentração de esforços ocorre nesta semana, com doações mobilizadas pelo Corpo de Bombeiros sendo realizadas desde o dia 16 deste mês. A campanha de doação vai até o dia 2 de julho, dia Nacional dos Bombeiros, quando se encerram as atividades com o Desfile da corporação e o baile dos militares efetivados em 1998. Mas até lá ainda acontecerão duas campanhas de impacto social coordenadas pela comissão.

Em maio, nos dias 19 e 20, na ação “Faça mais 98”, os bombeiros adotarão uma instituição filantrópica para oferecerem serviços de pequenos reparos que as organizações necessitam. Em junho, farão uma ação de arrecadação e doação de alimentos para uma outra instituição filantrópica.

 

Com Assessoria

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBandidos mais perigosos de Mato Grosso vão voltar para Cuiabá
Próximo artigoCinco perguntas para JOÃO AMOÊDO