Desenho de pênis datado de 1.800 anos é descoberto em parede de caverna

Desenho inusitado foi encontrado na fronteira da Muralha de Adriano

Um fato muito inusitado ocorreu em uma caverna localizada entre a fronteira da Inglaterra e da Irlanda, região próxima à Muralha de Adriano. Um grupo de arqueólogos descobriu uma gravura de um pênis cravado nas rochas da caverna. Estima-se que o desenho tenha sido desenhado no ano de 207, possuindo mais de 1.800 anos.

Apesar de hoje ser uma gravura obscena, o desenho significava um simpático “boa sorte” para quem o encontrasse em suas andanças pelo local. Segundo os especialistas, era uma tradição das legiões romanas que perambulavam o continente.

“Esses entalhes na Floresta de Gelt talvez sejam os mais importantes da fronteira da Muralha de Adriano. Eles oferecem uma nova percepção sobre a construção da muralha revelando esses detalhes extremamente humanos e pessoais.”, diz o arqueólogo responsável Mile Collins.

Na época, a Muralha de Adriano tinha a função de separar o Império Romano dos Bárbaros passando por diversas reformas e expansões ao longos dos anos.

A expedição que encontrou o inusitado desenho foi uma parceria entre a Universidade de Newcastle e a Historic England.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS