Cuiabá oferece 2ª dose e dose de reforço contra a covid-19 no período noturno

Quatro unidades básicas de saúde (UBSs) que atendem em horário estendido estão disponibilizando as vacinas à noite

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

Moradores de Cuiabá que precisam tomar a segunda dose ou dose de reforço da vacina contra a covid-19, mas não conseguem ir aos polos em horário comercial por trabalharem o dia inteiro, ou outro motivo, têm a opção de se dirigir às quatro unidades básicas de saúde (UBSs) que atuam em horário estendido. São elas: centro de saúde do Tijucal, Clínica da Família (CPA 1), Parque Ohara e Residencial Ilza Terezinha Picolli Pagot. Nesses locais, a vacina está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20 horas.

Conforme apurado, nesses locais tem se observado uma procura considerável até o período da tarde. Já a noite, quase não se observa movimento nas salas de vacinação.

“Normalmente, de manhã funciona muito bem. Após às 15 horas já vai diminuindo a procura e temos que pedir às pessoas que esperem um pouco até que junte o número suficiente para abrir o frasco de vacina. Para cada frasco de Pfizer, precisamos de 6 pessoas. Para Coronavac, precisamos de 10 pessoas. Todos precisam estar no tempo certo para dose de reforço”, afirma a enfermeira e vacinadora Fernanda Leite de Pinho, que atua na Clínica da Família, se referindo à logística adotada nos postos de vacinação para evitar desperdício de doses, já que uma vez aberto o frasco de imunizante, ele precisa ser totalmente utilizado em algumas horas, senão perde a validade.

Atualmente, muitas pessoas estão no prazo de tomar a segunda dose, seja da Pfizer, Astrazeneca ou Coronavac, mas o que tem se observado nos polos e nas 14 unidades básicas de saúde que oferecem os imunizantes é a baixa procura. No caso das unidades que ficam nos bairros, a média diária de aplicação tem sido de 659 doses, de setembro para cá, o que representa apenas 18,8% da capacidade que esses 14 postos têm juntos de vacinar a população, que é de 3,5 mil doses por dia.

Para a coordenadora da campanha de imunização contra a covid-19, Valéria de Oliveira, o grande número de pessoas que ainda não buscaram a segunda dose talvez se deva ao fato de não terem se atentado ao fato de que os prazos foram reduzidos de 84 para 56 dias, nos casos da Pfizer e da Astrazeneca, e de 28 para 21 dias, no caso da Coronavac.

“Temos divulgado na imprensa que os intervalos entre a primeira e a segunda dose foram reduzidos e, com isso, as pessoas podem procurar os polos para antecipar sua segunda dose, mas não tivemos o retorno esperado da população. O mesmo vem acontecendo com a dose de reforço, que é aplicada em idosos e trabalhadores da saúde que já concluíram o esquema vacinal há pelo menos 6 meses e imunossuprimidos após 28 dias da segunda dose. Caso a dificuldade desses usuários seja o horário de expediente do polo, reforçamos que existem essas quatro unidades básicas de saúde que ofertam a vacina no período noturno. Precisamos da colaboração de todos no sentido de buscar completar seu esquema vacinal pois somente assim a vacina realmente vai oferecer a proteção contra o coronavírus”, afirma.

Para receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, basta se dirigir ao posto de vacinação com documento com foto e a caderneta de vacinação. No caso da dose de reforço, esses mesmos documentos são necessários, sendo que trabalhadores da saúde precisam apresentar um documento que comprove fazer parte dessa categoria (holerite, carteira profissional, etc) e os imunossuprimidos devem apresentar um laudo ou receita médica que indique a condição de saúde. Como essas pessoas já possuem cadastro no site Vacina Cuiabá, não é preciso refazê-lo e nem aguardar agendamento no site.

Além das unidades básicas de saúde do Parque Ohara, Ilza Terezinha Picolli Pagot, Tijucal e Clínica da Família, as demais UBS que dispõem da segunda dose e dose de reforço contra a covid-19 são: UBS Jardim União/Jardim Florianópolis e UBS Três Barras, na região Norte; UBS Pedra 90 V e UBS Jockey Clube, na região Sul; UBS Terra Nova, UBS Pedregal e UBS Dr. Fábio, na região Leste e UBS Novo Colorado, UBS Santa Amália e UBS Novo Terceiro, na região Oeste. Nesses locais, a vacinação ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem invade a casa da ex-mulher, a estupra e a ameaça de morte
Próximo artigoCarga irregular de cerveja é apreendida durante fiscalização de rotina