Cuiabá: Motoristas de ônibus vivem “dia de ciclista” em curso de qualificação

Secretaria resolveu fazer curso de capacitação por conta do aumento no número de ciclistas na Capital

(Foto: Luiz Alves)

Motoristas de ônibus de Cuiabá sentiram na pele qual a sensação que os ciclistas experimentam quando um ônibus passa ao seu lado. Na manhã desta quarta-feira (27), a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) realizou um treinamento para os condutores do transporte coletivo. As simulações foram realizadas na garagem de uma das empresas que atua na Capital.

Enquanto motoristas pedalavam nas bicicletas, um ônibus passava ao lado deles em alta velocidade.

“Quando for dirigir o ônibus, vou pensar de forma diferente. No trânsito, temos o problema da falta de educação e precisamos ter consciência e saber que a bicicleta também é um meio de transporte. Quero dizer que a  sensação foi ruim”, contou Luiz Antonio Leite de Arruda.

Aumento no número de ciclistas

O treinamento foi pensado considerando o aumento do número de adeptos à bicicleta como meio de transporte.

“As pessoas estão usando mais a bicicleta como um meio de transporte, seja por causa da alta dos  combustíveis ou porque estão mais preocupadas em manter uma vida saudável com uma modalidade de transporte sustentável”, explicou Raimundo Alves Ribeiro, agente de trânsito e coordenador do projeto Pedal Semob.

LEIA TAMBÉM

Ele ainda lembra que, ao não respeitar a distância e a velocidade ao passar por um ciclista, o motorista – seja de ônibus ou qualquer outro tipo de veículo – pode receber uma multa. A classificação é gravíssima e o valor a ser pago é de R$ 293,47. Além disso, são 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A distância lateral necessária é de 1,50 m ao passar ou ultrapassar bicicleta. Jà a velocidade máxima permitida não está especificada na lei, mas a previsão é de que é preciso desacelerar.

Direitos e deveres do ciclista

E vale ressaltar: os ciclistas têm prioridade sobre veículos maiores, mas também têm deveres, como o uso de equipamentos de segurança que são obrigatórios: a campainha, sinalização noturna e espelho retrovisor do lado esquerdo.

Quando não existir faixa exclusiva ou ciclovia, a circulação precisa ser feita no sentido dos carros, pelas laterais das ruas. Os ciclistas também não devem usar fones de ouvido para que estejam atento aos movimentos ao seu redor.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIpem-MT interdita bomba de posto de combustível de Cuiabá por irregularidade
Próximo artigoPolícia da Espanha pede cuidado após cartões iguais aos de Round 6 surgirem pelo país