Cuiabá: Defesa Civil emite alerta por risco de chuvas intensas

Conforme a previsão, a Capital pode registrar ainda fortes ventos.

(Foto: Prefeitura de Cuiabá)

A Defesa Civil de Cuiabá emitiu alerta para a população sobre os riscos de chuvas intensas nesta terça-feira (30), de acordo com boletim emitido pelo Instituo Nacional de Meteorologia (Inmet).

No início da tarde de hoje, a chuva marcou presença em alguns bairros da cidade, mas sem trazer muitos transtornos. De acordo com a Defesa Civil, não houve registros de ocorrências graves.

Algumas avenidas registraram pontos de alagamentos, como por exemplo a Brasília, no bairro Jardim das Américas. Em imagens divulgadas em redes sociais, a Barão de Melgaço, na região do Porto, também ficou alagada.

Com relação ao Corpo de Bombeiros, o acionamento foi apenas para retirar 3 árvores caídas no Jardim Califórnia.

Alerta

Conforme o alerta da Defesa Civil, a previsão indica chuva entre 30 e 60 milímetros por hora, podendo chegar a 50 e 100 mm/dia.

É preciso manter a atenção também com a ventania. A previsão é de ventos entre 60 a 100 km/hora. O alerta classifica a condição como de risco potencial de perigo.

Nessas condições podem ocorrer corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Recomendações

A recomendação para a população é de que, em caso de rajadas de vento, não se abrigar embaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Pelo mesmo motivo, não se deve estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Além disso, deve ser evitado o uso de aparelhos eletrônicos ligados a tomadas.

Diretor da Defesa Civil de Cuiabá, José Pedro Zanetti reforça as orientações para que a população verifique as condições de telhados e calha, faça a limpeza de ralos e drenos e desobstrução de saídas de água dos quintais.

Para quem estiver na rua, a recomendação é procurar se abrigar em alguma edificação (lojas, bares e lanchonetes, por exemplo) e, se estiver de carro, evite passar por ruas ou trechos alagados. Não deixar as crianças brincarem na enxurrada é outro apontamento importante feito por Zanetti.

LEIA TAMBÉM

No caso de raios, trovoadas ou tempestades, se estiver em um carro, permaneça dentro. Os pneus funcionam como isolantes. Evite lugares descampados e se estiver em um campo aberto, permaneça agachado (não se deite no solo pois a terra úmida é condutora de eletricidade). Se estiver dentro da água, em locais como rios, lagos ou piscinas, saia imediatamente.

Em caso de emergência entre em contato com a Defesa Civil pelo telefone 3623 9633 ou WhatsApp 99310-8810, ou ainda o 193 para o Corpo de Bombeiros Militar.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIBGE: desemprego cai 1,6 ponto percentual e atinge 12,6%
Próximo artigoPF desarticula suposto esquema de banco paralelo em MT