Coordenador de escola pública é filmado fazendo sexo com aluna

Depois do caso, acusado ainda não retomou às atividades

Foto: Reprodução/Google/Albert100

O coordenador de uma escola pública de Mato Grosso foi flagrado nesta semana fazendo sexo com uma aluna dentro das dependências da escola. O ato acabou sendo filmado por estudantes e o vídeo foi parar junto à direção. Em razão do acontecido, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) abriu um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o coordenador, que é servidor efetivo.

O caso foi registrado na Escola Estadual Ângelo Nadin, no município de Lucas do Rio Verde (335 km de Cuiabá).

De acordo com a secretaria da escola, V.M.C. é professor de Ciências e, desde o ano passado, atua como coordenador das turmas de Ensino Médio nos períodos matutino e noturno.

V.M.C. teria sido flagrado fazendo sexo com uma aluna de 16 anos. Depois da viralização do vídeo, o caso chegou até a direção da escola, que comunicou a Secretaria de Estado de Educação.

Na última terça-feira (28), foi publicado no Diário Oficial do Estado o extrato da portaria que determina a instauração de um PAD para avaliar a conduta do profissional.

Segundo a direção da escola, o coordenador não retornou à unidade desde que o vídeo se espalhou.

Procurada, a Polícia Civil informou que não foi localizado boletim de ocorrência sobre o caso envolvendo a menor.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

5 COMENTÁRIOS

  1. Coitadinho do Professor; Ele estava apenas fazendo aulas Laboratoriais. Menina Inocente af Com 16 anos, Imagine quando tiver com uns 25 anos!? Vai ter Escola Própria. he he he he

    • Sempre tem um criminoso que se esconde atrás duma tela pra tentar justificar o injustificável. Se fizermos um pequeno esforço já sabemos que deve se intitular “cidadão de bem”, “temente a Deus” e “a favor da moral e dos bons costumes”. E o pior de tudo. Presume-se em que votará. Porém, na primeira oportunidade faria o que esse vagabundo que se diz professor fez.

  2. Ué, mas a mulher não é livre para fazer o que quiser? A moça estava apenas exercitando o seu direito de fazer o que deseja com quem ela deseja. 16 anos não é mais criança, viva o amor!

  3. Com 16 anos ela ja faz o que quer sim, mas ela nao tem a mentalidade de uma mulher adulta ainda e pode se arrepender depois, e ele como adulto e coordenador da escola devia ter o mínimo de respeito e ética. Homem (inclusive estuprador e pedofilo) adora usar essa desculpa: “ela que quis” “ela deu em cima de mim” “ela me seduziu”. Ele como adulto formado devia ter tido mais conduta e se colocado no lugar de profissional. E a verdade é q a maioria dos homens gostam de uma “novinha” e não pode ver uma buc*** nao interessa de quem seja e nem a idade.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRondonópolis sedia Workshop da Qualidade do Algodão na próxima quarta-feira
Próximo artigoPresidência descarta hipótese de fechamento de fronteira com Venezuela