Com seis interessados, PT exige 443 assinaturas de cada pré-candidato ao Senado

Entre os que manifestaram interesse estão os deputados estaduais Valdir Barranco e Lúdio Cabral e a federal Rosa Neide

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A disputa pela vaga no Senado aberta com a cassação de Selma Arruda (Podemos), no PT vai começar dentro da própria sigla. São, pelo menos, seis pré-candidatos se movimentando para buscar a aprovação do partido.

Entre os interessados estão os deputados estaduais Valdir Barranco e Lúdio Cabral, a deputada federal Rosa Neide, o ex-deputado federal Carlos Abilalil, a ex-vereadora  Ermelinda Escala e a professora Edna Sampaio, que foi candidata a deputada estadual nas eleições 2018.

Na tarde desta sexta-feira (28), os interessados vão entregar o registro de pré-candidatura. Segundo informou o PT, os nomes inscritos passarão por análise interna e um deles será escolhido como candidato oficial do partido.

Mas, para isso, há uma condição: “só poderão participar deste processo os filiados que tenham conseguido pelo menos 443 apoiadores (filiados ao PT-MT) declarados em um abaixo-assinado”.

E de acordo com as regras impostas, “o vencedor da disputa interna será conhecido em evento aberto à imprensa no dia 8 de março”.

Eleição suplementar

Desde que foi consolidada a cassação da senadora Selma Arruda e definido o processo eleitoral suplementar, três partidos já definiram os pré-candidatos.

O Podemos anunciou o deputado federal José Medeiros, o PSDB, o ex-deputado federal Nilson Leitão, e pelo DEM quem concorre é o ex-governador Júlio Campos.

As convenções partidárias serão realizadas entre os dias 10 e 12 de março, depois disso, as candidaturas passam a ser oficiais, assim que as atas das convenções são registradas na Justiça Eleitoral.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNenhuma morte é registrada em rodovias federais no Carnaval em MT
Próximo artigoVeja quais são os próximos grandes lançamentos na HBO

O LIVRE ADS