Com aval de Bolsonaro

Coronel da Polícia Militar é a primeira candidata ao Senado a ser confirmada em convenção partidária

(Foto: Assessoria)

Presidente da República, Jair Bolsonaro validou, pela segunda vez, a candidatura da coronel da Polícia Militar Rubia Fernanda Diniz Robson Santos de Siqueira ao Senado.

Bolsonaro participou – via chamada de vídeo – da convenção estadual do Patriota, partido ao qual a militar é filiada.

O encontro partidário ocorreu nesta segunda-feira (31), no formato de drive-in, como medida de segurança contra a contaminação pelo novo coronavírus.

Esta vaga é de uma mulher e ninguém está mais preparada para o cargo que a coronel Fernanda. Nesse período, outros candidatos me procuraram, foi tentada composição, mas decidimos manter o nome da Fernanda como candidata”, disse o presidente.

No início desse ano, Bolsonaro já havia declarado apoio a coronel, antes de a eleição suplementar ser adiada por conta da pandemia.

A chapa pura do Patriota conta ainda com o ex-deputado federal Victório Galli como primeiro suplente e com o tenente Luciano Esteves, na segunda suplência.

Se for eleita, a coronel Fernanda vai substituir a ex-juíza Selma Arruda (Podemos) – cassada por abuso de poder econômico e caixa 2 -, que em sua campanha também se apresentava como a candidata do presidente Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQuatro são presos em MT por venda ilegal de diamantes
Próximo artigoEm tempos de pandemia, o comportamento humano sofre modificações e mais julgamentos internos e externos