Bolsonaro quer candidato “raiz” do Aliança para vaga de Selma Arruda

Presidente disse que vai “analisar” os nomes para ter certeza que “pode confiar”

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Fundador do partido Aliança pelo Brasil, o presidente Jair Bolsonaro pretende que a legenda tenha um candidato na eleição suplementar para preenchimento da vaga de Selma Arruda (Podemos) no Senado.

“A primeira porta nossa seria eleger um senador ‘raiz’ do Aliança”, ele disse em um evento realizado neste sábado (18), em Brasília.

O ato público tinha como objetivo, justamente, promover o novo partido, de acordo com as informações do site Poder 360.

A eleição suplementar para substituir Selma Arruda foi determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quando a cassação de seu mandato – pela prática de caixa 2 durante a campanha de 2018 – foi confirmada.

Ainda não há, no entanto, uma data prevista. Da mesma forma, o partido que Bolsonaro está criando, oficialmente, ainda não existe.

Para ser oficializada, a legenda depende da entrega de aproximadamente 500 mil assinaturas de eleitores. Algo que precisa ser feito antes do dia 4 de abril, se a intenção for participar das eleições deste ano.

Presidente tem realizado uma série de eventos para conseguir as assinaturas necessárias (Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

Confiança

Sobre o possível candidato do Aliança à vaga de Selma, o presidente disse no mesmo evento que vai “analisar” a vida dos interessados para ter certeza que pode confiar em que eventualmente disputar o cargo.

Bolsonaro deu início à criação do novo partido depois de desentendimentos interno no PSL, legenda pela qual se elegeu. Selma Arruda, aliás, foi uma das que acabou saindo do partido nessa época.

No dia anterior ao seu ingresso no Podemos, ela publicou vídeo em seu canal no YouTube garantindo aos eleitores que a mudança não significava um rompimento de relações com o presidente Jair Bolsonaro.

O ato de filiação, entretanto, foi recheado de declarações que revelaram descontentamento.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPadrão para terceirizados
Próximo artigoPlacas do Mercosul passam a ser obrigatórias a partir do dia 31 de janeiro