Carmen Pedr’Angelo lembra desafios da carreira: “precisei enfrentar até meu marido”

Há 30 anos no mercado, a decoradora é referência e conta com orgulho a trajetória de lutas, conquistas e empoderamento

(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

O feeling para a decoração sempre acompanhou a menina meiga porto-alegrense, de olhos verdes e de opinião firme. Desde pequena Carmen já dava sinais de seus dotes e já tinha na ponta da língua a resposta para o que seria quando crescesse.

Aos 10 anos, era vista na família como uma decoradora mirim. E a confiança em seu bom gosto era tamanha, que Carmen era quem ditava o estilo da decoração de cada cômodo, tanto de sua casa, quanto nas dos parentes.

“Eu ainda brincava de boneca e minhas tias já me levavam para a casa delas para que eu opinasse sobre onde colocar o sofá, o aparador, ou qual tom de cortina seria o ideal. E na minha casa eu era do tipo impaciente, que enjoava rápido da posição dos móveis”, relembrou Carmen.

Nem mesmo a estampa do sofá escapava de sua imensa criatividade, e o tecido era trocado com frequência.

“Eu mesma tirava o tecido e costurava outro. Acredito que todos nós nascemos com uma aptidão. E o meu dom era esse: decorar”.

Autodidata

Almofadas, cortinas e tapetes personalizados são a verdadeira paixão de Carmen (Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

Mesmo nunca tendo estudado sobre design, arquitetura ou decoração, Carmen seguiu aprimorando as qualidades de criação e principalmente a intuição.

O primeiro ateliê foi nos fundos da casa em Cuiabá, ainda na década de 90, onde atendia as amigas e os parentes. Logo suas criações foram ganhando o boca-a-boca e amigos de amigos batiam à porta a procura de cortinas e auxílio para planejar decorações.

Com a demanda de clientes cada vez maior, Carmen quase não parava em casa e se viu em um dilema:

“Foi difícil para meu marido entender que eu estava correndo atrás de um sonho e que eu precisava do apoio dele para seguir em frente. Foi preciso enfrentá-lo”, mas o amor da decoradora e do marido Derly falou mais alto.

“Hoje ele conta com orgulho para nossos amigos como eu cheguei até aqui. E com sorriso nos lábios diz que a melhor coisa foi eu tê-lo enfrentado”, contou Carmen, nostálgica.

Intuição feminina

Assim como na moda, a decoração vive de tendências. Texturas, referências e cores entram em sintonia pra criar ambientes para todos os gostos.

O conceito da marca Carmen Pedr’Angelo é de vender mais do que modismo ou criações em série. Para a empresária, a exclusividade e o perfil de cada cliente é o início para que o projeto seja um sucesso.

“Eu trabalho com a responsabilidade de realizar sonhos. De prospectar e tornar real o que está na imaginação do cliente. Nestes 30 anos, a experiência aliada à minha intuição feminina me ensinou a captar o estilo dos clientes, se ele é mais clean, mais ousado, ou mais minimalista”.

E dá algumas dicas: “Fuja das cópias! Nem tudo que é exposto em revistas ou decorados será funcional para sua casa. Segundo: tenha o elemento inicial e comece as ideias a partir desse elemento. Assim, todos os outros pontos irão ‘conversar’ entre si. E, por último, cuidado com o exagero do monocromático. Você corre o risco de enjoar facilmente do ambiente”, completou.

Acompanhando tendências

Seguindo as novidades do mercado, os itens tecnológicos são a coqueluche na área de decoração.

Cortinas, persianas e sofás automatizados de fabricação própria ganham a versão High tech e dão o ar futurista a qualquer ambiente, além da comodidade do “one click”.

O sofá desenvolvido pela decoradora, funciona com apenas um clique(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

Para acompanhar essa tendência, Carmen repaginou toda a loja com ideias práticas e modernas. Algumas delas, trouxe das viagens em que visitou hotéis e feiras de decoração de várias partes do mundo.

Mesmo com toda redefinição da loja, um item em especial foi mantido e é o xodó da empresária: um carrinho de chá que ganhou de presente de casamento há 43 anos.

“Eu não me desprendo fácil das coisas e gosto de reinventar, dar vida nova para que o elemento seja útil por mais tempo. Essa consciência é necessária no meu ramo”, salienta Carmen, levantando a bandeira do ecologicamente correto e deixando evidente o afeto pelo presente.

O carrinho de chá a 43 anos se adapta as mudanças da loja(Foto: Suellen Pessetto/ O Livre)

Carmen Pedr’Angelo Decor está localizada na Avenida Presidente Marques, nº 1212, no Bairro Quilombo, em Cuiabá.

Mais informações pelo site www.carmempedrangelo.com.br , Instagram @carmenpedrangelodecor ou pelos telefones (65) 3028-4816 e (65) 9981-8109 – WhatsApp.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSabo Mendes presidirá o TRF1
Próximo artigoRecém-falecido, vida de Asa Branca virará filme

O LIVRE ADS