Recém-falecido, vida de Asa Branca virará filme

Vida do locutor era extremamente intensa

Morto na terça-feira, dia 4, em decorrência de um câncer na mandíbula, o locutor Asa Branca pode ter sua vida transformada em filme.

O filme vai se chamar Asa Branca – A Voz da Arena e está em fase de captação de recursos através da Lei Rouanet e da Lei do Audiovisual.

Apesar da coincidência com a morte de Asa Branca, o projeto é antigo. Foi aprovado na Ancine em 2016, quando obteve autorização para captar R$ 7,3 milhões via lei do audiovisual – dois quais conseguiu levantar apenas R$ 2,2 milhões até o fim de 2019.

O próprio Asa Branca foi consultado durante o tratamento do roteiro e concepção do filme, que resumirá sua vida da juventude aos últimos dias, com cenas com animais reais e rodadas em rodeios no Estado de São Paulo.

A apresentação do longa promete abordar temas polêmicos de bastidores, como o abuso de drogas, a atividade sexual desregrada que resultou em HIV e a crueldade da indústria do rodeio com os animais.

O longa tem roteiro de Fernando Honesko, responsável pela série Gigantes do Brasil, da History Channel, e a direção está a cargo de Guga Sander, que comandou recentemente a série Ilha de Ferro, da Globoplay.

Segundo o UOL, há negociações com o ator Emilio Dantas para assumir o papel principal. Mas nada foi fechado ainda, por conta da falta de um cronograma de produção, que busca fechar parceiros para viabilizar a filmagem.

A perspectiva é começar as gravações ainda este ano, visando um lançamento até o fim de 2021.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCarmen Pedr’Angelo lembra desafios da carreira: “precisei enfrentar até meu marido”
Próximo artigoSelma chama colega de “canalha”