Bolsa de Nova Iorque: pluma de algodão alcança maior preço dos últimos anos

Embora o valor da fibra tenha aumentado, as cotações sofreram queda de 1,6%

O preço da pluma do algodão tem apresentado à bolsa de Nova Iorque o maior valor dos últimos anos. Contudo, as cotações acumularam no último mês uma queda de 1,6%, dado principalmente aos embates comerciais entre China e Estados Unidos.

O boletim do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta que o recuo das cotações da fibra está ligado às tarifas impostas pelos governos dos Estados Unidos e China. Ainda alerta que as medidas tomadas por ambos podem causar grandes impactos às exportações norte-americanas.

Embora o cenário ainda esteja turvo, o que pode amenizar a situação é a “perspectiva de menor produção da safra dos EUA, impactada principalmente pela seca na região do Texas. Isso, aliado a uma demanda global fortalecida, traz ao mercado a expectativa de uma balança de oferta e demanda mais apertada”, descreve o boletim.

O relatório ainda ressalta que o produtor deve ficar atento a esses imbróglios, que tem “tumultuado” o mercado externo, visto que detêm influência da formação do preço da pluma produzida no estado.

Por outro lado

Embora haja a expectativa de um acirramento na demanda e oferta da pluma do algodão no mercado externo, o aumento do volume de pluma disponível no Brasil fez com que o preço sofresse queda. Em agosto o valor da fibra teve declínio de 0,74%, tendo sua cotação média em R$ 99,03 por arroba.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSecretário diz que ação foi motivada por depoimentos e classifica operação como “natural”
Próximo artigoJustiça nega retorno de vereador cassado pela Câmara Municipal de Sinop