Black Friday: setor da construção civil foi o que mais cresceu em vendas neste ano

O aumento foi de mais de 10%, segundo pesquisa, deixando para trás setores como móveis e eletrodomésticos

(Foto: Freepik)

Que a construção civil tem impulsionado para cima os indicadores do mercado de trabalho no país – mesmo durante a pandemia -, não é novidade. Mas o setor também se tornou o destaque da Black Friday deste ano.

Uma pesquisa realizada pela Cielo e divulgada na última segunda (30) mostrou que o setor de materiais de construção foi o que mais cresceu em vendas durante temporada de promoções. O aumento foi de 10,7%.

Em segundo lugar, apareceram as drogarias e farmácias (8,7%) e, em terceiro, móveis, eletrodomésticos e lojas de departamento (6,5%).

Filipe Colombo, é CEO da Anjo Tintas, e diz que a empresa viveu um aumento de 16% nas vendas só em outubro. Segundo ele, o produto está em alta desde o início da pandemia, em março.

E a constatação a que ele chegou para explicar o “fenômeno” é que a quarentena e o isolamento social fizeram as pessoas passarem a olhar mais para suas casas.

“Com o home office e mais tempo no mesmo local, as pessoas começaram a sentir necessidade de fazer reformas, seja para deixar o ambiente de trabalho mais confortável, seja para renovar os ares”.

Faz sentido, de acordo com uma pesquisa divulgada pela Hibou, empresa que monitora o mercado, também em outubro. Na época, o levantamento apontou que quase metade dos brasileiros (49%) estava insatisfeito com a própria casa.

Reforma sem barulho

No caso específico das tintas, Filipe Colombo acredita que o fato de o produto conseguir mudar consideravelmente um ambiente, sem fazer barulho e alterar demais a rotina da casa é mais um dos fatores que explica o crescimento das vendas.

“Não faz sujeira, barulho nem tem cheiro. Além disso, a mudança de cor de um ambiente pode mudar todo o clima da casa”, comenta.

Aliás, o barulho das reformas dos vizinhos foi uma das queixas mais ouvidas pelos síndicos de condomínios no início da pandemia.

Um estudo realizado pela startup de inteligência artificial Emotions Meter – que analisa sentimentos nas redes sociais – apontou que os sentimentos que mais se destacam quando se fala em construção civil, são “irritação com obras de terceiros”, “irritação com transtornos de obras” e “intenção de reformar e construir”.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPJC cumpre 35 mandados contra facção criminosa atuante na região leste de MT
Próximo artigoBananeiras tratando esgoto? Hotel de MT vira modelo em preservação ambiental