Audiência não serve pra nada

Discussão sem nenhum resultado prático, foi como Dilmar Dal Bosco definiu os encontros

Líder do governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) é categórico ao afirmar: audiência pública “não serve para nada”.

Segundo o parlamentar, as audiências realizadas pela ALMT só produziram discussão e nada de resultados concretos.

Mas apesar da revolta, Dilmar vai marcar presença na audiência pública convocada pelo governador Mauro Mendes (DEM) para – vejam só – discutir a lei complementar 631 de 2019, que vem sendo acusada de aumentar os preços dos produtos no Estado inteiro.

O encontro está previsto para esta quinta, às 8h, no Palácio Paiaguás.

Nesse caso específico, Dilmar disse que só vai para ajudar a defender a versão do governo. Aquela de que a lei só reinstituiu os incentivos fiscais em Mato Grosso e não tem nada a ver com os preços no comércio em geral ou nos postos de combustível.

LEIA TAMBÉM

Dilmar argumenta que as alterações aprovadas pela ALMT no ano passado foram feitas em acordo com os setores econômicos, após diversas – vejam só de novo – reuniões e discussões.

Segundo o democrata e o governo, o problema é que os empresários querem aumentar sua Margem de Valor Agregado (MVA), repassando os efeitos do novo peso tributário ao consumidor.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorALMT contrata estudo “misterioso” sobre projeto que proíbe transporte e comércio de peixes em MT
Próximo artigoKobe Bryant deve ser homenageado no Oscar 2020