Algozes derrotados

Vereadores da comissão que cassou o mandato de Abílio acabaram derrotados nas urnas, assim como outros cinco que votaram a favor

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Os vereadores que compuseram a CPI que cassou, em março deste ano, o mandato do vereador Abílio Júnior (Podemos) não retornarão à Câmara de Cuiabá. Todos foram derrotados nas urnas.

Trata-se dos vereadores Toninho de Souza e Ricardo Saad, ambos do PSDB, e Vinycius Hugueney (Solidariedade).

Outros vereadores que se empenharam abertamente pela cassação, votando favoravelmente no plenário, também foram rejeitados pelos eleitores.

Na lista, está o atual presidente da Câmara, Misael Galvão (PTB), Marcos Veloso (PV), Orivaldo da Famárcia (Progressista), Dr. Xavier (PTC), Justino Malheiros (PV), Luiz Cláudio (Progressistas).

Após ter o mandato cassado, Abílio conseguiu reverter na Justiça a decisão do plenário, por violação ao direito constitucional de ampla defesa e contraditório. Mas desistiu de uma vitória certa para mais um mandato como vereador para disputar a Prefeitura de Cuiabá e saiu derrotado no segundo turno, com 129.777 votos, o que correspondeu a 48,85% dos votos válidos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPesquisa mostra que a saúde mental ficou debilitada com a pandemia
Próximo artigoFazer Branding com Orçamento Limitado: 8 Dicas Práticas