Adolescente esfaqueia o pai no pescoço para defender a mãe

Homem havia ameaçado a esposa com uma faca, então a filha resolveu reagir

Imagem ilustrativa

Uma adolescente de 16 anos foi apreendida nesse domingo (12) após esfaquear o próprio pai, de 40 anos, para defender a mãe, de 37 anos, ao vê-lo ameaçá-la com um facão dentro da casa da família, no Bairro Altos de Jangada, em Jangada (85 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi acionada no Pronto-Atendimento de Jangada, onde um homem havia dado entrada com um corte no pescoço. Devido ao seu quadro de saúde, ele precisou ser encaminhado de ambulância para o Pronto-Socorro de Várzea Grande.

Os policiais foram informados de que o corte havia sido feito pela própria filha do homem, com uma faca, durante um desentendimento familiar. A equipe, então, foi até a casa da família para descobrir o que havia acontecido.

A adolescente recebeu os militares e contou que o pai estava um pouco alcoolizado e começou uma discussão com a mãe dela. Durante a briga, ele pegou um facão e apontou o objeto entre o rosto da esposa e a parede.

Vendo a cena, para defender a mãe, a adolescente pegou uma faca e passou no pescoço do pai, que começou a sangrar. Nesse momento, ele saiu correndo, pulou o muro e fugiu.

A mãe disse que a discussão começou por conversarem sobre separação. O marido ficou muito agressivo verbalmente, até que pegou o facão e foi para cima dela, momento em que a filha reagiu.

Ela contou, ainda, que está em um relacionamento com o marido há 18 anos, mas recentemente vem sofrendo ameaças de morte e agressões físicas, verbais e psicológicas, sendo que ele fala que se ela se separar, ou o denunciar à polícia, irá matar a família inteira.

A adolescente foi encontrada com uma faca na mão, mas não era a que havia utilizado para ferir o pai, esta não foi localizada. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar a apreensão da adolescente.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio culposo (da adolescente com o pai) e lesão corporal e ameaça (do pai com a esposa).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Muito pelo contrário”
Próximo artigoTia pega marido no flagra abusando sexualmente de sobrinha adolescente