40 leitos desativados?

Entenda a polêmica entre o governo de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá e os 40 leitos para pacientes da covid-19

Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre

A Prefeitura de Cuiabá vai transferir 30 leitos de UTI dedicados ao tratamento de pacientes da covid-19 do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) para o Hospital São Benedito. E a comunicação do fato ao governo de Mato Grosso gerou polêmica nesta quinta-feira (28).

Sites de notícia publicaram manifestações do governador Mauro Mendes (DEM) e do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, criticando a iniciativa. Ambos teriam entendido que os leitos seriam simplesmente desativados.

O problema, além do fato de o surto da doença ainda estar em ascensão em Mato Grosso, é que o município recebeu dinheiro federal – cerca de R$ 5 milhões – para manter estas unidades abertas por um período de 90 dias.

O próprio documento assinado pelo secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho, e endereçado ao secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, sustenta, todavia, que haverá uma transferência.

(Foto: Reprodução)

Dos 40 leitos de UTI que deixarão de funcionar no HMC, 30 serão levados para o Hospital São Benedito. O ofício ressalta ainda que a Prefeitura vai entrar em contato com a União para devolver a parte do recurso – referente aos 10 leitos restantes – que não será utilizada.

(Foto: Reprodução)

Por que transferidos?

No documento, a Prefeitura de Cuiabá afirma que a transferência se faz necessária por conta do aumento de casos de urgência e emergência na rede pública de saúde da Capital. Situações que teriam relação com o aumento da circulação de pessoas nas ruas, dada a flexibilização das regras de isolamento social.

Segundo o município, o HMC é o único hospital da Capital “de portas abertas” 24 horas por dia, por isso, o mais procurado quando se trata de problemas não relacionados à covid-19.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorShopping Popular volta com seu funcionamento gradativo a partir da próxima quarta-feira
Próximo artigoMT notifica sete mortes por covid-19 em 24 horas e número sobe para 54

O LIVRE ADS