Você pagou por isso! (3)

O Congresso vai votar: você tem direito de saber o que os juízes de futebol discutem no campo?

(Foto: CBF/Divulgação)

Aparentemente, os brasileiros têm sido privados de um conhecimento fundamental: “as particularidades discutidas pelos árbitros durante uma partida de futebol”.

Ao menos, é o que acredita o deputado federal Dr. Luiz Antônio Teixeira Jr, filiado ao Progressistas do Rio de Janeiro. Ele é o autor do projeto de lei nº 5572/19, que altera o Estatuto de Defesa do Torcedor.

O parlamentar quer obrigar que os diálogos dos juízes esportivos – o que está no campo e o que fica atrás da tela – sejam divulgados na íntegra, na internet, em até 72 horas após o fim do jogo.

Ah! Ele também quer que esses árbitros sejam escolhidos por sorteio, em nome da “transparência e imparcialidade”.

 A justificativa dada pelo deputado para a divulgação desse bate-papo tão fundamental para o bem estar de todos nós (contém sarcasmo) é a relevância do esporte na sociedade.

O projeto foi apresentado em outubro de 2019 e está em análise nas comissões de Esporte e de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara Federal. Se for aprovado nas duas, passa a ser lei.

Pelo visto, o desperdício de dinheiro público com projetos de lei sem utilidade aparente não é prática exclusiva da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior45 anos e aposentado? ALMT volta aos trabalhos com a reforma da Previdência na pauta
Próximo artigoAção da polícia contra traficantes termina com um morto e confusão envolvendo moradores